A Drenagem Linfática é cada vez mais utilizada no Brasil e no mundo com diferentes objetivos. Entretanto, é muito importante a escolha do profissional, o que envolve boa formação, precisão e experiência. Nessa entrevista ao Portal Medicina e Saúde, a esteticista Cláudia de Fátima José, graduada em Estética e Cosmética pela UVV- Universidade de Vila Velha-ES, que atua na área de Estética e Cosmética desde 2009, fala sobre os benefícios da drenagem linfática, sua aplicação para pessoas idosas, no pós-operatório, entre outras possibilidades. Cláudia José tem uma rica formação que inclui o certificado internacional pela Ecole de Drainage Lymphatique Método leduc – do professor belga Albert Leduc; capacitação em saúde estética – criolipólise e associações – método blindado europeu, do prof. Carlos Ruiz, e curso de Estética na Oncologia, da professora Vilma Natividade, entre outros cursos integrados.

O que é Drenagem Linfática?
A drenagem linfática é uma técnica de massagem manual, que trabalha o sistema linfático, estimulando-o a trabalhar de forma rápida movimentando a linfa até os gânglios linfáticos. A sua principal função é acelerar o processo de retirada dos líquido acumulados entre as células e os seus resíduos catabólicos, encaminhando-os aos vasos capilares e, por meio de movimentos específicos, direcionando-os de forma que sejam eliminados.

Quais os principais benefícios da Drenagem Linfática?
São muitos, mas entre eles podemos destacar os seguintes:
– Transporte e remoção de líquidos e substâncias da região edemaciada de volta a circulação sanguínea;
– Direcionar e aumentar o fluxo linfático, promovendo, assim, uma remoção mais rápida do excesso de líquido intersticial;
-Melhora do sistema imunológico, devido à eliminação de toxinas;
-Associada a outros tratamentos ajuda na redução da celulite edematosa;
-Trás relaxamento corporal e mental, promovendo bem-estar ao paciente;

Leia a entrevista completa aqui!

Comentários desativados.